18 de fevereiro de 2011

O brilho das estrelas...

Um dia encontrei-te, como uma ilusão,
como uma estrela que brilhava cintilante,
e por ela segui todo um caminho.
Viajando só julgava-me acompanhado,
combati milhares ao lado de mim próprio,
com um exercito de apenas um.
Pleno de vigor corri por esse brilho cativante,
ansioso por brilhar igualmente a seu lado...
Aproximei-me e tentei chegar a ti...
Mas esse brilho apagou-se,
desaparecido como uma onda que chega e recolhe envergonhada...

Acabei por perder-me junto como ele,
junto com a minha própria ilusão,
vasculhando desesperado a minha rota,
como um barco à deriva sem a sua estrela polar.

Resolvi então parar o meu tempo...
Lançar âncoras...
Redescobrir-me...
A resposta óbvia era a que não queria aceitar.
O brilho que via em ti existia sim, escondido, como um tesouro!
Enterrado numa ilha do qual não tinha mapa...
Mas o tempo mostrou-me outro caminho,
um caminho diferente daquele que segues e é escolhido por ti.
Talvez precises descobrir o teu verdadeiro tesouro
ou talvez precises apenas descobrir a ilha.
Talvez no dia que não me vejas a teu lado te lembres
e descubras então quem perdeste... e não quem te perdeu.

De tudo isto guardei a pérola que encontrei...
que afinal aquele brilho cintilante existe e continua agora mais forte e voraz.
Dentro de um peito que rebenta de vontade e encanto...
Descobri que aquela estrela cintilante está bem presente,
existindo dentro de cada um de nós.
Mas só brilha se a não deixares apagar...
no reflexo dos teus próprios desejos.

.

16 comentários:

Adryan Fuelber disse...

é me fez bem .

MARCELA disse...

É tanto amor que tenho pra dar... não queria ter... porque não querem. mas o tempo irá me mostrar outro caminho? porque está demorando tanto?, será que estou perdida na imensidão da ilha? Por favor me dê o mapa com o endereço do caminho de volta!
Deixa pra lá, talvez você também não queira saber.
Ass: Marcela Gonçalves, uma botafoguense que ama seu Pai, e que pelo menos por ele, é amada também...

meu i-mail é: marcelagvc@yahoo.com.br

Ah! Miguel... Esqueçe, porque eu já esqueci!

PS: pode não aceitar se quiser, na verdade eu não aceitaria, rsrs

Beijos!

A Escafandrista disse...

nossa, muito bonito!!! parabéns. gostaria de convidar-te a conhecer meu espaço de mergulho também. Abraços.

A Escafandrista disse...

vim agradecer-te a visista lol

Marla Freire disse...

Muito bom, de verdade!

Um brasileiro disse...

Oi. Estive por aqui dando uma olhadela. muito legal. gostei. apareça por la. abraços.

Flávia disse...

Belíssimo. Do brilho da ilusão para o brilho da realidade poucas pessoas são capazes de lidar com esses dois.
Uma noite ainda mais inspirada para você.

Natacha disse...

Fizeste-me chegar a emoção que releva das tuas palavras :) ... sentimentos...

Gostei muito

Entretanto vou espreitar a fábrica de Letras, já que eu participo na Fábrica de Histórias ;)

Miguel Ferreira disse...

Obrigado a todos de coração...

Natacha disse...

Olá Miguel,

Já estou de volta há muito tempo aqui: http://tatooagem.blogspot.com/

de qualquer forma muito obrigada por me teres oferecido um pouco do teu tempo :)

Tudo de bom

aline disse...

Muito linda sua mensagem, visite meu blog, lá você também encontrará lindas mensagens. Http://aline-alinefonseca.blogspot.com

Bruh Brito disse...

Cara interesante pra caramba teu blog..
to seguindo..


Se quiser voltar
http://bruhbrito.blogspot.com/

Guacira Maciel disse...

Olá, bom dia...
Muito belo o seu poema. Pleno da sinceridade implícita no coração de quem ama, mas lúcido e realista. Olha, aquele "brilho" exite, sim, mas em você! Em cada um de nós ele está presente de forma subjacente...pena que sempre deixamos que o outro o descubra, quando deveríamos ter a consciência que ele está em nós, e que devemos usá-lo como um lume...
Beijo.
Guacira

Juliana Porto disse...

É a fé, meu caro. Essa definitivamente não só move montanhas.

Beijos, ao acaso.

Creuza Pontes disse...

Belíssimo!! Amei...

pompom disse...

You have got a nice blog site..